Senado espanhol pode aprovar regime direto sobre Catalunha na próxima semana

O Senado espanhol pode votar já no fim da próxima semana um projeto com medidas para impor regime direto sobre a Catalunha, revogando a autonomia da rica região do nordeste espanhol, em resposta a uma tentativa de independência, disse uma porta-voz da Casa Legislativa nesta sexta-feira; Senado precisa criar uma comissão para debater as medidas, que nunca foram usadas anteriormente; comissão provavelmente se reunirá no dia 23 de outubro, disse a porta-voz

Pessoas erguem bandeiras da Catalunha durante manifestação pela independência em Barcelona.  19/10/2014. REUTERS/Albert Gea
Pessoas erguem bandeiras da Catalunha durante manifestação pela independência em Barcelona. 19/10/2014. REUTERS/Albert Gea (Foto: Aquiles Lins)

MADRI (Reuters) - O Senado espanhol pode votar já no fim da próxima semana um projeto com medidas para impor regime direto sobre a Catalunha, revogando a autonomia da rica região do nordeste espanhol, em resposta a uma tentativa de independência, disse uma porta-voz da Casa Legislativa nesta sexta-feira.

O Senado precisa criar uma comissão para debater as medidas, que nunca foram usadas anteriormente. A comissão provavelmente se reunirá no dia 23 de outubro, disse a porta-voz.

Em seguida, o líder da Catalunha, Carles Puigdemont, terá uma oportunidade de responder. O Senado inteiro, onde o governista Partido Popular (PP) tem maioria, votaria sobre as medidas já no dia 27 de outubro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247