Senado russo confirma suspensão de tratado com EUA sobre desarmamento nuclear

O Senado da Rússia aprovou nesta quarta-feira (26) a suspensão do Tratado de Desarmamento Nuclear de Médio Alcance (INF, sigla em inglês) com os Estados Unidos

EFE - O Conselho da Federação (Senado) da Rússia aprovou nesta quarta-feira (26) a suspensão do Tratado de Desarmamento Nuclear de Médio Alcance (INF, sigla em inglês) com os Estados Unidos, em resposta a uma medida similar adotada por Washington em fevereiro último.  

A Duma (Câmara dos Deputados russa) já havia aprovado o mesmo documento no último dia 18 de junho.  O projeto de lei sobre a suspensão do acordo foi apresentado ao Legislativo pelo presidente russo, Vladimir Putin, que terá agora que promulgar o documento para sua entrada em vigor definitiva.  

Esse documento ressalta que o presidente russo se reserva o direito de tomar no futuro uma decisão sobre o reatamento do tratado.  Os Estados Unidos anunciaram em fevereiro que suspendiam o cumprimento das obrigações relacionadas com o INF diante da recusa russa de destruir o míssil de cruzeiro russo Novator 9M729 (SSC-8, de acordo com a classificação da Otan), que violaria o tratado, segundo Washington.  

Pouco depois, a Rússia anunciou que também abandonaria o tratado, embora tenha desmentido categoricamente as supostas violações do acordo, e prometeu uma resposta "simétrica".  Nesse sentido, prometeu que não instalaria armamentos que violam o INF, ou seja, que têm um alcance de mais de entre 500 e 5.500 quilômetros, nem na parte europeia da Rússia nem em outras áreas do mundo, enquanto Washington não der esse passo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247