Senadora pré-candidata à presidência dos EUA defende Greenwald e acusa Bolsonaro de “retaliação”

"O governo Bolsonaro está buscando retaliação estatal contra Glenn Greenwald por causa de seu trabalho como jornalista por expor abusos e corrupção públicos", disse a senadora americana Elizabeth Warren

(Foto: Reuters)

DCM- A senadora americana Elizabeth Warren, pré-candidata democrata à Casa Branca, saiu em defesa de Glenn Greenwald, denunciado pelo Ministério Público Federal do Brasil por fazer jornalismo.

“O governo Bolsonaro está buscando retaliação estatal contra Glenn Greenwald por causa de seu trabalho como jornalista por expor abusos e corrupção públicos. O Brasil deve suspender as acusações imediatamente e interromper seus ataques contra a imprensa livre e aberta”, escreveu no Twitter.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247