Síria começa a ser isolada até por países árabes

Em protesto contra a violncia do regime de Bashar Al-Assad, Egito retira seu embaixador de Damasco

Síria começa a ser isolada até por países árabes
Síria começa a ser isolada até por países árabes (Foto: Divulgação)

O Egito decidiu retirar seu embaixador da Síria neste domingo, anunciou o Ministério do Exterior. É a iniciativa mais recente por parte dos países árabes para pressionar o governo sírio, cuja repressão a dissidentes já matou milhares de pessoas.

O levante sírio começou há 11 meses com protestos geralmente pacíficos em províncias pobres. Enquanto as forças de segurança agiram com violência para reprimi-los, as manifestações aumentaram tornando-se uma insurreição armada. A Síria vem enfrentando crescente condenação internacional sobre sua repressão, inclusive sanções econômicas e isolamento político.

A decisão egípcia vem após um aumento da repressão na cidade de Homs, segundo ativistas, assim como ações tomadas pela Tunísia, Líbia, Qatar, Arábia Saudita e outros países árabes para reduzir seus laços com Damasco. Segundo a agência de notícias estatal egípcia Mena, o ministro do Exterior Mohammed Amr decidiu manter o embaixador Shukri Ismael no Cairo até segunda ordem.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247