Síria rechaça proposta dos EUA de romper com Irã em troca de permanência no poder

O presidente da Síria, Bashar al-Asad, repudiou a proposta dos Estados Unidos de cortar relações com o Irã, sob a promessa de que teria a permissão norte-americana para permanecer no poder

Síria rechaça proposta dos EUA de romper com Irã em troca de permanência no poder
Síria rechaça proposta dos EUA de romper com Irã em troca de permanência no poder

247, com HispanTV - O presidente da Síria, Bashar al-Asad, repudiou a proposta dos Estados Unidos de cortar relações com o Irã, sob a promessa de que teria a permissão norte-americana para permanecer no poder.

O diretor geral para Assuntos Internacionais do Parlamento iraniano, Hosein Amir Abdolahian, declarou na quarta-feira (27) que a recente visita de Bashar al-Asad a Teerã frustrou os planos dos inimigos que buscavam separar a Síria do Irã e do Movimento de Resistência do Líbano (Hezbolá).

Abdolahian, que já foi vice-chanceler iraniano, assegurou que a visita de Assad demonstra o sonoro Não do presidente sírio ao novo jogo político dos Estados Unidos, que tentaram assegurar a Assad a presidência vitalícia, desde que ele afastasse seu país do Irã e do Hezbolá.

Com esta viagem ao Irã, prosseguiu Abdolahian, o mandatário sírio enviou uma forte mensagem aos inimigos: a República Islâmica do Irã e a Síria, manterão o eixo da resistência e da paz e segurança da região do Oriente Médio.

Na o´pinião de diversos especialistas, a viagem ao Irã do chefe de Estado sírio transmite uma mensagem de firmeza diante das ameaças dos Estados Unidos e do regime israelense e põe em destaque os profundos laços estratégicos que unem Teerã e Damasco, assim como sua postura comum contra o terrorismo e os complôs de Washington na região.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247