Sírio suspeito de planejar atentado é preso na Alemanha

Refugiado sírio  Jaber Albakr, de 22 anos, que foi à Alemanha durante o influxo imigratório ao país no ano passado foi preso na esteira de uma verdadeira caçada humana no final de semana, pela suspeita de planejar um ataque a bomba, disse a polícia estadual da Saxônia; polícia procurava Albakr desde que ele fugiu de seus agentes durante uma operação realizada em um apartamento de Chemnitz, onde foram encontradas várias centenas de gramas de explosivo

Refugiado sírio  Jaber Albakr, de 22 anos, que foi à Alemanha durante o influxo imigratório ao país no ano passado foi preso na esteira de uma verdadeira caçada humana no final de semana, pela suspeita de planejar um ataque a bomba, disse a polícia estadual da Saxônia; polícia procurava Albakr desde que ele fugiu de seus agentes durante uma operação realizada em um apartamento de Chemnitz, onde foram encontradas várias centenas de gramas de explosivo
Refugiado sírio  Jaber Albakr, de 22 anos, que foi à Alemanha durante o influxo imigratório ao país no ano passado foi preso na esteira de uma verdadeira caçada humana no final de semana, pela suspeita de planejar um ataque a bomba, disse a polícia estadual da Saxônia; polícia procurava Albakr desde que ele fugiu de seus agentes durante uma operação realizada em um apartamento de Chemnitz, onde foram encontradas várias centenas de gramas de explosivo (Foto: Paulo Emílio)

Reuters- Um 

Reuters) - Um sírio que foi à Alemanha durante o influxo imigratório ao país no ano passado foi preso nesta segunda-feira, na esteira de uma verdadeira caçada humana no final de semana, pela suspeita de planejar um ataque a bomba, disse a polícia estadual da Saxônia.

A polícia estava procurando Jaber Albakr, de 22 anos, desde que ele fugiu de seus agentes durante uma operação realizada no sábado em um apartamento de Chemnitz, cidade do leste alemão, onde encontrou várias centenas de gramas de explosivo.

"Cansados, mas exultantes: capturamos o suspeito de terrorismo na noite passada em Leipzig", comunicou a polícia estadual da Saxônia no Twitter, acrescentando ter prendido Albakr graças à dica de que outros sírios o mantinham em um apartamento de Leipzig.

"A polícia de Leipzig foi imediatamente ao local identificado e pegou Albakr", informou a corporação. Uma busca nacional e internacional pelo sírio foi cancelada em seguida.

Sem citar nenhuma fonte, o site da revista Der Spiegel disse que Albakr havia abordado outro sírio na estação de trem de Leipzig, também no leste do país, e perguntado se poderia dormir em sua casa. O compatriota concordou e mais tarde chamou a polícia, que prendeu Albakr em sua casa às 12h42 locais desta segunda-feira.

Albakr havia chegado à Alemanha em 2015 e obtido status de refugiado da guerra civil de seu país, disse a polícia.

Um porta-voz da procuradoria federal disse à emissora SWR no domingo: "O quadro geral da investigação, em particular a quantidade de explosivo encontrado, leva a crer que a pessoa estava planejando realizar um ataque de motivação islâmica".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247