Soberania deve ser respeitada, mas países têm responsabilidades, diz secretário da ONU sobre a Amazônia

"Não tenho dúvida que soberania é um dos elemento-chave das relações internacionais. É verdade para o Brasil e é verdade para os outros países”, disse o secretário- geral das Nações Unidas, António Guterres, em almoço com a imprensa nesta sexta-feira

António Guterrez, Secretário-geral da ONU  
António Guterrez, Secretário-geral da ONU   (Foto: UN Photo / Jean-Marc Ferré)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O secretário-geral da ONU, António Guterres, falou durante almoço a 15 jornalistas internacionais, nesta sexta-feira (20) e defendeu a responsabilidade do governo Bolsonaro com a destruição da Amazônia. A  reportagem é do Portal Valor Econômico. 

“Não tenho dúvida que soberania é um dos elemento-chave das relações internacionais. É verdade para o Brasil e é verdade para os outros países”, disse ele 

“Claro que a soberania dos países deve ser respeitada, mas todos têm responsabilidades”, continuou. 

Ele seguiu sua fala: “Quando se discute mudança do clima é importante ampliar, o máximo possível, o número de florestas no mundo. E reduzir, o máximo possível, sua perda.”

“Assim como falamos ao Brasil, por favor, preserve a Amazônia, falamos à China, por favor, use menos carvão. É a mesma coisa”, continuou Guterres. “Nosso papel é dizer o que temos de fazer, mas não somos juízes.”

O secretário-geral disse estar esperançoso para que os problemas do governo brasileiro com o governo francês, que se intensificaram a partir da crise dos incêndios na Amazônia, possam ser aparados nos próximos dias, em Nova York.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247