Soros se une a Mujica na legalização da maconha

A Open Society Foundation, liderada pelo bilionário George Soros, informou que irá financiar US$ 500 mil para organizações não-governamentais e universidades do Uruguai que estudam o impacto da legalização do consumo de maconha no país

A Open Society Foundation, liderada pelo bilionário George Soros, informou que irá financiar US$ 500 mil para organizações não-governamentais e universidades do Uruguai que estudam o impacto da legalização do consumo de maconha no país
A Open Society Foundation, liderada pelo bilionário George Soros, informou que irá financiar US$ 500 mil para organizações não-governamentais e universidades do Uruguai que estudam o impacto da legalização do consumo de maconha no país (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O bilionário George Soros acaba de entrar para o clube dos que discutem a legalização da maconha. A Open Society Foundation, liderada por ele, informou que irá financiar US$ 500 mil para organizações não-governamentais e universidades do Uruguai que estudam o impacto da legalização do consumo de maconha no país. 

"Nossa doação busca em apoiar esforços independentes de monitoramento e avaliação para construir a melhor evidência possível sobre o impacto da implementação da lei", disse o diretor regional da fundação, Pedro Abramovay.

A ideia surgiu em setembro, quando o presidente José Mujica e a bilionário se reuniram durante a Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Desde então, diversos grupos políticos e sociais uruguaios protestam sobre o assunto. Soros ofereceu a Mujica toda a ajuda possível para que o processo iniciado no Uruguai possa avançar com maior facilidade.

"Esta pesquisa será similar às enquetes feitas em últimos anos pela Junta Nacional de Drogas", acrescentou. "Acreditamos, dada a nova situação de legalidade, que esta próxima (pesquisa) nos dará um relatório mais fiel sobre o uso atual da maconha", afirmou Abramovay.

O diretor ainda afirmou que, na área da educação, está apoiando a criação de um novo diploma na Universidade da República, que será uma capacitação especializada e profissional em política de drogas e uma carreira especializada em políticas de drogas que fará parte do novo Mestrado em Políticas Públicas da Universidad Católica.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email