Suprema Corte dos EUA autoriza Trump a usar recursos controversos para muro em fronteira

A Suprema Corte dos Estados Unidos garantiu nesta sexta-feira (27) uma vitória ao presidente Donald Trump, permitindo que o governo redirecione 2,5 bilhões de dólares de uma verba aprovada pelo Congresso ao Pentágono para ajudar na construção do prometido muro na fronteira entre os EUA e o México

(Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)

Lawrence Hurley (Reuters) - A Suprema Corte dos Estados Unidos garantiu nesta sexta-feira uma vitória ao presidente Donald Trump, permitindo que o governo redirecione 2,5 bilhões de dólares de uma verba aprovada pelo Congresso ao Pentágono para ajudar na construção do prometido muro na fronteira entre os EUA e o México, ainda que parlamentares se recusem a fornecer os recursos.

A corte, de maioria conservadora, revogou por 5 votos a 4 a decisão de um juiz federal da Califórnia que proibia o presidente republicano de utilizar o dinheiro, baseado no fato de que o Congresso não autorizou o fundo especificamente para ser gasto no projeto do muro, que tem oposição feroz dos democratas e do governo mexicano.

“Uau! Grande VITÓRIA quanto ao muro. A Suprema Corte dos Estados Unidos reverte a liminar de corte menor, permite que o muro na fronteira sul siga em frente. Grande VITÓRIA para a segurança fronteiriça e para a lei!”, tuitou Trump minutos após a decisão da corte.

Em breve explicação da decisão, a corte disse que o governo “fez uma demonstração suficiente” de que os grupos contestando a decisão não possuíam base para um processo legal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247