Taiwan diz que aviões e navios chineses realizam exercício de simulação de ataque

A visita de Pelosi à ilha de Taiwan provocou protestos da China e a realização de exercícios militares sem precedentes

www.brasil247.com -
(Foto: Mídia chinesa)


247 - Aeronaves e navios de guerra chineses simularam neste sábado (6) um ataque a Taiwan, disseram autoridades da ilha, em retaliação à visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi.

Pequim interrompeu o diálogo com os Estados Unidos em várias áreas. 

A visita de Pelosi à ilha de Taiwan provocou protestos da China, que reagiu com a realização de exercícios militares sem precedentes que incluíram mísseis balísticos. Os exercícios chineses estão programados para durar até o meio-dia de domingo, informa a Reuters.

Na manhã deste sábado, o Ministério da Defesa de Taiwan disse que vários navios e aviões chineses realizaram missões no Estreito de Taiwan, com alguns cruzando a linha mediana entre o continente e a ilha. Os militares de Taiwan acreditam que esses movimentos fazem parte de um ataque de simulação à ilha. 

O exército de Taiwan transmitiu um aviso e enviou forças de patrulha de reconhecimento aéreo e navios para monitorar enquanto colocava mísseis baseados em terra em espera.

O Ministério da Defesa de Taiwan também disse que disparou sinalizadores na sexta-feira para alertar sete drones sobrevoando suas ilhas Kinmen e aeronaves não identificadas sobrevoando suas ilhas Matsu. Ambos os grupos de ilhas ficam perto da costa sudeste da China continental.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247