Talibã ataca e mata dezenas em aeroporto afegão

Um ataque da milícia extremista talibã matou ao menos 37 pessoas, além de deixar outras 35 feridas,  em um ataque ao aeroporto de Kandahar, cidade ao sul do Afeganistão, pelos talibãs; "Nove insurgentes foram mortos, um outro está ferido e um último continua ativo", diss eo govceno por meio de nota; grupo reivindica a ofensiva contra o complexo, que integra uma zona residencial civil e uma base conjunta da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das tropas afegãs

Um ataque da milícia extremista talibã matou ao menos 37 pessoas, além de deixar outras 35 feridas,  em um ataque ao aeroporto de Kandahar, cidade ao sul do Afeganistão, pelos talibãs; "Nove insurgentes foram mortos, um outro está ferido e um último continua ativo", diss eo govceno por meio de nota; grupo reivindica a ofensiva contra o complexo, que integra uma zona residencial civil e uma base conjunta da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das tropas afegãs
Um ataque da milícia extremista talibã matou ao menos 37 pessoas, além de deixar outras 35 feridas,  em um ataque ao aeroporto de Kandahar, cidade ao sul do Afeganistão, pelos talibãs; "Nove insurgentes foram mortos, um outro está ferido e um último continua ativo", diss eo govceno por meio de nota; grupo reivindica a ofensiva contra o complexo, que integra uma zona residencial civil e uma base conjunta da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das tropas afegãs (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Lusa - Pelo menos 37 pessoas morreram e 35 ficaram feridas em um ataque ao aeroporto de Kandahar, cidade ao sul do Afeganistão, pelos talibãs, que também perderam nove homens, informou hoje (9) o Ministério da Defesa afegão.

Dos 11 atacantes, apenas um continua a ameaçar as forças afegãs, segundo o ministério. "Nove insurgentes foram mortos, um outro está ferido e um último continua ativo", disse a mesma fonte, em um comunicado.

Um responsável da segurança disse à agência France Presse que os atacantes utilizaram civis como "escudos humanos", o que complicou o contra-ataque.

Os talibãs reivindicaram a ofensiva lançada na noite de ontem (8) contra o complexo aeroportuário, que integra uma zona residencial civil e uma base conjunta da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e das tropas afegãs.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email