Tempestades de neve deixam mortos no Japão

Pelo menos 11 pessoas morreram, desde quarta-feira (17), devido às violentas tempestades de neve que atingem grande parte do Japão; de acordo com a imprensa local, estão sendo registrados muitos prejuízos e interrupções significativas nos transportes

Pelo menos 11 pessoas morreram, desde quarta-feira (17), devido às violentas tempestades de neve que atingem grande parte do Japão; de acordo com a imprensa local, estão sendo registrados muitos prejuízos e interrupções significativas nos transportes
Pelo menos 11 pessoas morreram, desde quarta-feira (17), devido às violentas tempestades de neve que atingem grande parte do Japão; de acordo com a imprensa local, estão sendo registrados muitos prejuízos e interrupções significativas nos transportes (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

Pelo menos 11 pessoas morreram, desde quarta-feira (17), devido às violentas tempestades de neve que atingem grande parte do Japão, informou hoje (19) a imprensa local, acrescentando que estão sendo registrados muitos prejuízos e interrupções significativas nos transportes.

As más condições do clima persistem nessa sexta-feira no Oeste, Centro e Norte do arquipélago, com algumas áreas em risco significativo de deslizamentos de terra, advertiu a agência meteorológica do Japão.

Uma estrada foi fechada após um deslizamento na prefeitura de Niigata (Noroeste), deixando isolados cerca de 280 habitantes de uma aldeia montanhosa, informou a emissora pública de televisão NHK.

As companhias aéreas estão cancelando centenas de voos e inúmeras ligações ferroviárias foram suspensas ou sofreram atrasos, incluindo os serviços de comboios de grande velocidade Shinkansen – entre Tóquio (Leste) e Osaka (Oeste).

Vários acidentes causados pelas nevascas deixaram pelo menos 11 pessoas mortas, incluindo um jovem bombeiro durante operações de remoção da neve.

Os habitantes de uma cidade costeira da região setentrional de Hokkaido foram retirados devido às inundações provocadas por ondas de quase dez metros.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247