Tiktok entrará com ação na Justiça contra Trump por veto ao aplicativo nos EUA

"Para garantir que o estado de direito não seja descartado e que nossa empresa e usuários sejam tratados com justiça, não temos escolha a não ser contestar a ordem executiva por meio do sistema judicial", disse um porta-voz do TikTok

TikTok
TikTok (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik – O aplicativo de vídeo TikTok anunciou neste sábado (22) que entrará com ação contra o veto do presidente dos EUA, Donald Trump, à plataforma chinesa.

Em 14 de agosto, o republicano proibiu empresas nortes-americanas de realizar transações comerciais com o TikTok e a companhia proprietária do aplicativo, a ByteDance. 

A plataforma, por sua vez, disse que tentou estabelecer diálogo com o governo dos EUA por quase um ano, mas enfrentou uma "falta do devido processo" e a administração estadunidense não prestou atenção aos fatos. 

"Para garantir que o estado de direito não seja descartado e que nossa empresa e usuários sejam tratados com justiça, não temos escolha a não ser contestar a ordem executiva por meio do sistema judicial", disse um porta-voz do TikTok, segundo a agência Reuters. 

Trump acusa empresa de espionagem

De acordo com a ordem de Trump emitida em agosto, a ByteDance tinha um prazo de 90 dias para se desfazer de suas operações do TikTok nos EUA. A empresa vinha conversando com potencial compradores, como, por exemplo, a Microsoft Corp e a Oracle. 

Trump acusa o TikTok, mais conhecido por vídeos de dança populares entre os jovens, de servir como espionagem para Pequim, passando dados de cidadãos norte-americanos para a China. A ByteDance, por sua vez, nega as acusações. 

O aplicativo tem cerca de 80.000.000 de usuários ativos nos Estados Unidos.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247