Títere dos EUA, Araújo diz que Maduro 'não tem poder moral, só força bruta'

O ministro das Relações Exteriores do governo de Jair Bolsonaro, Ernesto Araújo, atacou o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e disse que sua saída do poder é somente "uma questão de tempo"; Araújo, que defende o alinhamento do Brasil aos interesses da política externa dos EUA, disse que Maduro "não tem poder real, nem poder moral, só força bruta"; nesta sexta-feira, Araújo afirmou que já "existem planos internacionais para reconstruir a Venezuela" após a saída de Maduro

Títere dos EUA, Araújo diz que Maduro 'não tem poder moral, só força bruta'
Títere dos EUA, Araújo diz que Maduro 'não tem poder moral, só força bruta' (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

247 - O ministro das Relações Exteriores do governo de Jair Bolsonaro, Ernesto Araújo, atacou o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e disse que sua saída do poder é somente "uma questão de tempo". Araújo, que defende o alinhamento do Brasil aos interesses da política externa dos Estados Unidos, disse que Maduro "não tem poder real, nem poder moral, só força bruta".

Araújo, que está na fronteira coma Venezuela para acompanhar a entrega da "ajuda humanitária" do Brasil aos membros da oposição venezuelana, disse esperar que os militares do país vizinho devem "compreender que devem apoiar" o presidente do parlamento da Venezuela, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interno do país em janeiro.

Nesta sexta-feira (22), Araújo viajou para a cidade de Cúcuta, na Colômbia, onde assistiu ao show Venezuela Aid Live, patrocinado pelo magnata inglês Richard Branson. Após um encontro com Guaidó, Araújo disse que já "existem planos internacionais para reconstruir a Venezuela", após a saída de Maduro do poder.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247