Toffoli marca para dia 10 julgamento de ação que contesta inquérito das fake news

A ação foi apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade, que argumenta que o inquérito foi instaurado de ofício por Toffoli, sem que a PGR tenha provocado

www.brasil247.com - Dias Toffoli Presidente do STF é internado para cirurgia e apresenta sinais de infecção pelo novo coronavírus
Dias Toffoli Presidente do STF é internado para cirurgia e apresenta sinais de infecção pelo novo coronavírus (Foto: Fellipe Sampaio/STF)


247 - O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, marcou para o próximo dia 10 o julgamento em plenário de ação que questiona o inquérito das fake news, que apura a criação e disseminação de fake news nas redes sociais.

A ação foi apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade em 23 de março de 2019. A sigla argumenta que o inquérito foi instaurado de ofício por Toffoli, sem que a PGR tenha provocado.

Na semana passada, o ministro Edson Fachin, relator da ação da Rede, havia pedido que o processo fosse pautado pela presidência do STF.

Na última quarta-feira (27) a Polícia Federal cumpriu diligências sobre o inquérito que tiveram como alvo 29 pessoas suspeitas de integrar uma rede de propagação de informações fraudulentas.

O inquérito é contestado por Jair Bolsonaro, já que apoiadores seus são investigados.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email