Três terremotos atingem a Guatemala e deixam 1 morto

O maior dos tremores, de magnitude 5,8, foi registrado s 12h34, mas, pouco antes e pouco depois, outros dois abalos, de 4,8 cada um tambm foram sentidos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Três terremotos foram sentidos na maior parte do território da Guatemala em menos de 90 minutos na tarde desta segunda-feira, matando pelo menos uma pessoa.

O maior dos tremores, de magnitude 5,8, foi registrado às 12h34. Mas pouco antes e pouco depois outros dois abalos, de 4,8 cada um também foram sentidos. Os epicentros dos terremotos foram localizados na mesma área, a cerca de 51 quilômetros a sudeste da Cidade da Guatemala, capital do país.

Bombeiros confirmaram que os tremores, que foram sentidos na maior parte do país, provocaram deslizamentos de terra na rodovia que leva a El Salvador, perto do epicentro, em Cuilapa Santa Rosa, que atingiu pelo menos um carro e matou uma pessoa.

Meios de comunicação locais relataram que uma parede caiu sobre várias casas, deixando uma família presa nos escombros, mas não está claro se há mais vítimas.

Prédios públicos foram evacuados na região e aulas foram canceladas, informaram autoridades.

O primeiro tremor ocorreu a uma profundidade de 61 quilômetros, o segundo a 39 quilômetros e o terceiro a 37 quilômetros.

O primeiro abalo de magnitude 4,8 foi registrado logo após o meio-dia (horário local) e o terceiro, de mesma magnitude, ocorreu por volta das 13h20.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247