Tribunal da Geórgia rejeita ação de Trump e vitória de Biden no estado se torna irreversível

Não há mais processos pendentes e até o secretário de Estado da Geórgia, que é membro do Partido Republicano, já admitiu que “não há dúvidas” sobre a vitória de Biden

Trump cita vitória de Biden no Twitter, ainda repete falsas alegações de fraude.
Trump cita vitória de Biden no Twitter, ainda repete falsas alegações de fraude. (Foto: REUTERS/Carlos Barria)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O estado da Geórgia era uma das últimas esperanças do presidente estadunidense Donald Trump para reverter sua derrota nas recentes eleições, e se desfizeram nesta quinta-feira (19), com a decisão do Tribunal Federal da Geórgia de rejeitar uma ação dos advogados da campanha do candidato à reeleição, que alegava uma suposta fraude no estado.

A resolução era o último recurso judicial que poderia impedir a oficialização dos resultados, e foi publicada poucas horas depois do último informe sobre a recontagem de votos no estado, que já indicam vantagem de Joe Biden, do Partido Democrata, por cerca de 14 mil votos.

O cenário a favor de Biden parece tão definitivo que até o secretário de Estado da Geórgia – que é Brad Raffensperger, do Partido Republicano, o mesmo de Trump – admitiu que “não há dúvidas” sobre a vitória de Biden.

Confira a reportagem completa na Revista Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247