Tribunal Europeu define que Hamas não é grupo terrorista

A segunda mais alta corte da União Europeia anulou na quarta-feira a decisão do bloco de manter o Hamas em uma lista de organizações terroristas; a Corte Geral da União Europeia afirmou que as medidas contestadas não foram baseadas no exame de atos do Hamas, mas em imputações publicada na mídia e na internet

Palestinians take part in a rally marking the 25th anniversary of the founding of Hamas, in Gaza City December 8, 2012. After receiving a hero's welcome on his return from decades in exile, Hamas leader Khaled Meshaal will attend a rally in Gaza on Saturd
Palestinians take part in a rally marking the 25th anniversary of the founding of Hamas, in Gaza City December 8, 2012. After receiving a hero's welcome on his return from decades in exile, Hamas leader Khaled Meshaal will attend a rally in Gaza on Saturd (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRUXELAS (Reuters) - A segunda mais alta corte da União Europeia anulou na quarta-feira a decisão do bloco de manter o Hamas em uma lista de organizações terroristas, mas decidiu manter temporariamente as medidas impostas ao grupo por um período de três meses ou até que uma apelação seja concluída.

A Corte Geral da União Europeia afirmou que as medidas contestadas não foram baseadas no exame de atos do Hamas, mas em imputações decorrentes da mídia e da Internet.

O tribunal informou que, ainda assim, mantém os efeitos das medidas para garantir que qualquer futuro congelamento de fundos seja efetivo.

(Reportagem de Philip Blenkinsop)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247