Trump afirma que chegou a hora de mudanças no Irã

Presidente dos EUA, Donald Trump, ao comentar os protestos no Irã, declarou que o país precisa de mudanças; "Irã está enfrentando falhas em todos os níveis devido ao terrível acordo com a administração de Obama. O grande povo iraniano tem sido reprimido há anos. Eles estão famintos por comida e liberdade. Junto com direitos humanos no país foram roubados os bens nacionais. É TEMPO DE MUDANÇA!", escreveu Trump em sua página no Twitter

Presidente dos EUA, Donald Trump, ao comentar os protestos no Irã, declarou que o país precisa de mudanças; "Irã está enfrentando falhas em todos os níveis devido ao terrível acordo com a administração de Obama. O grande povo iraniano tem sido reprimido há anos. Eles estão famintos por comida e liberdade. Junto com direitos humanos no país foram roubados os bens nacionais. É TEMPO DE MUDANÇA!", escreveu Trump em sua página no Twitter
Presidente dos EUA, Donald Trump, ao comentar os protestos no Irã, declarou que o país precisa de mudanças; "Irã está enfrentando falhas em todos os níveis devido ao terrível acordo com a administração de Obama. O grande povo iraniano tem sido reprimido há anos. Eles estão famintos por comida e liberdade. Junto com direitos humanos no país foram roubados os bens nacionais. É TEMPO DE MUDANÇA!", escreveu Trump em sua página no Twitter (Foto: Aquiles Lins)

Sputnik Brasil - Presidente dos EUA, Donald Trump, ao comentar os protestos no Irã, declarou que o país precisa de mudanças.

"Irã está enfrentando falhas em todos os níveis devido ao terrível acordo com a administração de Obama. O grande povo iraniano tem sido reprimido há anos. Eles estão famintos por comida e liberdade. Junto com direitos humanos no país foram roubados os bens nacionais. É TEMPO DE MUDANÇA!", escreveu líder estadunidense no Twitter.

Grandes cidades iranianas foram alastradas na semana passada por protestos populares devido à difícil situação econômica no país. Como afirma mídia local, protestos já causaram morte de cerca de 20 pessoas, mesmo as autoridades declarando não ter usado força contra manifestantes. Presidente iraniano, Hassan Rohani, destacou que os protestos foram provocados não apenas por dificuldades internas, mas também por incitações do exterior.

A administração do presidente dos EUA apoiou oficialmente os protestantes e vice-presidente norte-americanos afirmou que Washington não irá ignorar as manifestações no Irã.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247