Trump coloca EUA em guerra ilimitada no Afeganistão

Presidente norte-americano, Donald Trump, comprometeu os Estados Unidos a um conflito ilimitado no Afeganistão, revertendo o curso de suas promessas de campanha e sinalizando que enviará tropas para a guerra mais longa do país em uma "luta para vencer"; Trump prometeu uma campanha militar intensificada contra os insurgentes do Taliban, que ganharam terreno contra forças do governo afegão apoiadas pelos Estados Unidos; "Nós não estamos construindo nações de novo. Nós estamos matando terroristas", disse

Presidente dos EUA, Donald Trump, quer mais tropas no Afeganistão; EUA, Trump, Afeganistão; soldados .2
Presidente dos EUA, Donald Trump, quer mais tropas no Afeganistão; EUA, Trump, Afeganistão; soldados .2 (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O presidente norte-americano, Donald Trump, comprometeu os Estados Unidos a um conflito ilimitado no Afeganistão, revertendo o curso de suas promessas de campanha e sinalizando que enviará tropas para a guerra mais longa do país em uma "luta para vencer".

Trump forneceu poucos detalhes em um discurso na segunda-feira, mas prometeu uma campanha militar intensificada contra os insurgentes do Taliban, que ganharam terreno contra forças do governo afegão apoiadas pelos Estados Unidos. Ele também destacou o Paquistão por abrigar militantes em refúgios seguros.

"Nós não estamos construindo nações de novo. Nós estamos matando terroristas", disse, em uma declaração televisionada em uma base militar fora de Washington.

O Taliban condenou rapidamente a decisão de Trump de manter as tropas norte-americanas no Afeganistão sem prazo para retirada, comprometendo-se a continuar com a "jihad" até que todos os soldados norte-americanos tenham saído.

"Se os Estados Unidos não retirarem todas as suas forças do Afeganistão, vamos fazer desse país o cemitério do século 21 para o império norte-americano", disse o porta-voz do Taliban, Zabihullah Mujahid, em comunicado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247