Trump: cooperação com a Rússia colocará um fim no Estado Islâmico

Se os Estados Unidos e a Rússia cooperarem, o resultado será favorável para ambos os países e ajudará a acabar com a organização terrorista Estado Islâmico, afirmou o presidente dos EUA, Donald Trump em entrevista à Fox News."Se conseguirmos nós dar bem com a Rússia, vai ser ótimo. Vai ser bom para a Rússia e bom para nós. Se nós unirmos, destruiremos o Daesh, que é o verdadeiro mal", disse

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Sputnik Brasil

Se os EUA e a Rússia cooperarem, o resultado será favorável para ambos os países e ajudará a acabar com Daesh, afirmou o presidente dos EUA, Donald Trump em entrevista à Fox News.

"Se conseguirmos nós dar bem com a Rússia, vai ser ótimo. Vai ser bom para a Rússia e bom para nós. Se nós unirmos, destruiremos o Daesh, que é o verdadeiro mal", disse o presidente dos Estados Unidos.

As relações entre Washington e Moscou sofrem uma deterioração acentuada nos últimos anos.

Desde 2014, os EUA adotam sanções econômicas e individuais contra a Rússia por sua suposta ingerência no conflito na Ucrânia.

A crise bilateral se aprofundou em setembro de 2016, quando as duas potências não conseguiram promover em conjunto um cessar-fogo duradouro na Síria.

Em meados de novembro, Donald Trump e Vladimir Putin realizaram uma conversa telefónica, durante a qual os dois se manifestaram pela melhora das relações entre Washington e Moscou, classificando o seu estado atual de insatisfatório.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email