Trump deve mesmo retirar EUA do acordo do clima

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, está buscando maneiras rápidas de sair de um acordo global para limitar as mudanças climáticas, disse uma fonte de sua equipe de transição, desafiando o apoio internacional para o plano de reduzir as emissões de gases de efeito estufa

Donald Trump durante evento em Winterset, nos Estados Unidos. 27/06/2015  REUTERS/Brian Frank
Donald Trump durante evento em Winterset, nos Estados Unidos. 27/06/2015  REUTERS/Brian Frank (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

WASHINGTON / MARRAKESH (Reuters) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, está buscando maneiras rápidas de sair de um acordo global para limitar as mudanças climáticas, disse uma fonte de sua equipe de transição, desafiando o apoio internacional para o plano de reduzir as emissões de gases de efeito estufa.

Desde que Trump foi escolhido, os governos que vão da China aos pequenos Estados insulares reafirmaram o apoio ao Acordo de Paris de 2015, durante as negociações sobre o clima que vão até 18 de novembro em Marrakesh, Marrocos.

Trump, que chamou o aquecimento global de uma fraude e prometeu abandonar o Acordo de Paris, estava considerando formas de contornar um procedimento teórico de quatro anos para deixar o acordo, de acordo com a fonte, que trabalha na equipe de transição de Trump para política internacional de energia e clima.

(Por Valerie Volcovici e Alister Doyle)

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247