Trump diz que deveria ter deixado jogadores da UCLA em prisão chinesa

Presidente dos EUA, Donald Trump, disse no Twitter que deveria ter deixado na prisão os três jogadores de basquete da UCLA que foram detidos na China por suspeita de furto em loja depois que o pai de um dos jogadores questionou o papel de Trump na libertação deles; "Agora que os três jogadores de basquete estão fora da China e a salvo de anos na prisão, LaVar Ball, o pai de LiAngelo, não aceita o que eu fiz por seu filho e que furto em loja não é grande coisa. Eu deveria ter deixado eles na prisão", postou

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante entrevista coletiva na Casa Branca 28/08/2017 REUTERS/Kevin Lamarque
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante entrevista coletiva na Casa Branca 28/08/2017 REUTERS/Kevin Lamarque (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse no Twitter neste domingo que deveria ter deixado na prisão os três jogadores de basquete da UCLA que foram detidos na China por suspeita de furto em loja depois que o pai de um dos jogadores questionou o papel de Trump na libertação deles.

"Agora que os três jogadores de basquete estão fora da China e a salvo de anos na prisão, LaVar Ball, o pai de LiAngelo, não aceita o que eu fiz por seu filho e que furto em loja não é grande coisa. Eu deveria ter deixado eles na prisão", escreveu o presidente

Em suas primeiras declarações públicas desde que foram detidos, os três se desculparam na semana passada e agradeceram Trump por ajudar a garantir sua libertação ao levantar a questão com o presidente chinês, Xi Jinping, durante sua visita.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247