Trump diz que vai obedecer lei internacional e evitará alvejar sítios culturais do Irã

"Se é isso que é a lei, eu gosto de obedecer à lei. Mas pense nisso. Eles matam nosso povo. Eles explodem nosso povo e nós temos que ser muito gentis com suas instituições culturais. Mas estou OK com isso", disse Donald Trump em coletiva de imprensa

Trump ameaça destruir o Irã
Trump ameaça destruir o Irã (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira (7) que vai obedecer a lei internacional e que vai evitar alvejar sítios culturais do Irã.

A declaração do presidente dos EUA foi dada durante uma coletiva de imprensa.

"Se é isso que é a lei, eu gosto de obedecer à lei. Mas pense nisso. Eles matam nosso povo. Eles explodem nosso povo e nós temos que ser muito gentis com suas instituições culturais. Mas estou OK com isso", disse Trump, citado pela agência Reuters.

No sábado (4), Trump disse que os EUA tinham como alvo 52 sítios culturais iranianos. O Irã tem uma herança cultural milenar e possui muitos sítios arqueológicos reconhecidos mundialmente.

Atacar locais culturais, no entanto, fere convenções e tratados internacionais.

Nesta terça-feira, secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, disse que o general iraniano Qassem Soleimani não estava em Bagdá em uma missão diplomática.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247