Trump encontra Kim e diz que ele é 'grande líder'

Numa das mais espetaculares viradas geopolíticas da história, o presidente dos EUA, Donald Trump, que até pouco mais de um ano atrás ameaçava a Coreia do Norte com uma guerra nuclear, encontrou-se nesta quarta e quinta-feiras com  Kim Jong-un, em Hanói (Vietnã) e qualificou-o de "grande líder"; e a segunda cúpula entre os dois países, oito meses depois da primeira acontecida em Singapura; Kim elogiou o que chamou de "corajosa decisão política" de Trump de promover esse segundo encontro

Trump encontra Kim e diz que ele é 'grande líder'
Trump encontra Kim e diz que ele é 'grande líder'

247 com Reuters - Numa das mais espetaculares viradas geopolíticas da história, o presidente dos EUA, Donald Trump, que até pouco mais de um ano atrás ameaçava a Coreia do Norte com uma guerra nuclear, encontrou-se nesta quarta e quinta-feiras (26 e 27) com  Kim Jong-un, em Hanói (Vietnã) e qualificou-o de "grande líder". É a segunda cúpula entre os dois países, oito meses depois da primeira acontecida em Singapura. Kim elogiou o que chamou de "corajosa decisão política" de Trump de promover esse segundo encontro.

Segundo Trump, a Coreia do Norte tem “um futuro tremendo”. O encontro acontece no hotel Metrópole, na capital do socialista Vietnã, que derrotou os Estados Unidos numa guerra que marcou o século 20, encerrando-se apenas em 1975 depois de 20 anos de combates que envolveram inicialmente a França e depois os EUA, que ocuparam militarmente o país, matando entre 2 e 3 milhões de vietnamitas. O encontro é duplamente simbólico, portanto, pois os EUA guerrearam contra a Coreia do Norte entre 1950 e 1953. 

“Eu acho que o seu país tem um potencial econômico tremendo”, afirmou o presidente americano, olhando para Kim. “Eu acho que vocês têm um futuro tremendo para o seu país, você é um grande líder”, continuou. “Nós vamos ajudar isso a acontecer.” Em resposta, Kim afirmou que houve "muita reflexão, esforço e paciência" entre agora e junho do ano passado, quando ambos se encontraram em Singapura. Segundo ele, o mundo "não compreendeu" a relação entre EUA e Coreia do Norte após a primeira cúpula.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247