Trump permitirá que a Huawei faça negócios com empresas dos EUA

O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou neste sábado (29) que a empresa chinesa Huawei terá permissão para fazer negócios com empresas norte-americanas

Donald Trump e Xi Jinping em encontro no G20, em Osaka, Japão
Donald Trump e Xi Jinping em encontro no G20, em Osaka, Japão (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik Brasil - O presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que a empresa chinesa Huawei terá permissão para fazer negócios com empresas norte-americanas.

O pronunciamento foi feito no âmbito da cúpula do G20 em Osaka, durante uma conferência e depois de uma reunião com o presidente chinês, Xi Jinping, neste sábado (29).

"Nós enviamos e vendemos para a Huawei um grande número de produtos que acabam fazendo parte de muitas das coisas que a [Huawei] fabrica, e eu disse que está tudo bem, vamos continuar vendendo esses produtos", disse o presidente.

No entanto, Trump esclareceu que "estamos falando de dispositivos que não representam um grande problema de segurança nacional", então as palavras do presidente dos EUA não deixam claro até que ponto essa trégua comercial será um alívio para a Huawei.

Na verdade, Trump não queria esclarecer se o Departamento de Comércio dos EUA eliminaria ou não a Huawei de sua lista de entidades mal vistas pelos Estados Unidos.

"O que eu disse é que está tudo bem, que continuaremos a vender esses produtos, as empresas que os fabricam são americanas e, a propósito, é um processo muito complexo", acrescentou Trump.

O presidente também anunciou à imprensa que, "por enquanto", as tarifas sobre os produtos do gigante asiático não serão aumentadas novamente.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247