Trump pressiona o vice Mike Pence contra proclamação de Biden

"O vice-presidente tem o poder de rejeitar eleitores escolhidos de forma fraudulenta", disse Donald Trump sobre Pence, a quem caberá proclamar a vitória de Joe Biden no encerramento do processo eleitoral antes da posse, em 20 de janeiro

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Jornal GGN - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pressionou publicamente seu vice-presidente, Mike Pence, a não confirmar o resultado do Colégio Eleitoral norte-americano na sessão do Congresso programada para esta quarta-feira (06/01).

Segundo o jornal O Globo, Trump afirmou durante comício realizado na Geórgia na noite desta segunda-feira que Pence é um bom republicano, mas que “não gostará tanto dele” caso ele não “faça algo por nós” na sessão conjunta da Câmara e do Senado.  Trump também usou suas redes sociais para insinuar algo parecido, afirmando que Pence pode “rejeitar delegados escolhidos fraudulentamente”.

Pence é o presidente do Senado, e espera-se que ele proclame a vitória de Joe Biden no processo que encerra o processo eleitoral antes da posse, em 20 de janeiro. Porém, sua função é meramente cerimonial e não tem poder de influência na decisão que lhe caberá anunciar no fim da plenária.

Continue lendo no Jornal GGN

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email