Trump retalia China e anuncia aumento de tarifas de 25% para 30% sobre US$ 250 bilhões em produtos do país

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que o país vai sujeitar a China a uma tarifa adicional de 5% sobre seus produtos em resposta ao que chamou de uma medida "politicamente motivada" do país asiático, que impôs taxas sobre US$ 75 bilhões em produtos de exportadores americanos

Donald Trump dos Estados Unidos e Xi Jinping da China
Donald Trump dos Estados Unidos e Xi Jinping da China (Foto: REUTERS / KEVIN LAMARQUE)

Reuters - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira que o país vai sujeitar a China a uma tarifa adicional de 5% sobre seus produtos em resposta ao que chamou de uma medida "politicamente motivada" do país asiático, que impôs taxas sobre US$ 75 bilhões em produtos de exportadores americanos.  

Ele explicou que os EUA vão aumentar de 25% para 30% as tarifas sobre US$ 250 bilhões em produtos importados da China , começando em 1º de outubro.  

"Infelizmente, administrações passadas deixaram a China ir muito além do comércio justo e equilibrado, tanto que ela se tornou um fardo para o contribuinte americano", disse Trump numa rede social. "Como presidente, não posso mais permitir que isso aconteça!"  

"A China não deveria ter colocado novas tarifas sobre 75 bilhões de dólares de produtos americanos (com motivação política!)", acrescentou.  

Trump tamém anunciou aumento nas tarifas extras de 10% sobre outros US$ 300 bilhões em produtos chineses. A taxa agora vai ser de 15%. Os Estados Unidos vão começar a cobrar essas tarifas de alguns produtos no dia 1º de setembro, mas boa parte delas foi adiada para 15 de dezembro.  

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247