Turquia começa operação militar agressiva no nordeste da Síria

O presidente turco Recep Tayip Erdogan anunciou nesta quarta-feira (9) uma operação militar contra os curdos na região nordeste da Síria, violando a soberania do país árabe

Turquia ataca nordeste da Síria
Turquia ataca nordeste da Síria (Foto: Reuters/Stringer)

Sputnik - O presidente turco Recep Tayyip Erdogan deu início a uma operação militar no nordeste da Síria nesta quarta-feira (9). Ao anunciar a ação, Erdogan disse que o objetivo é golpear o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), organização classificada como terrorista na Turquia, e o Daesh, conhecido como Estado Islâmico

Segundo a televisão estatal síria, o exército turco lançou ataques aéreos contra as cidades de Ras al-Ayn e Tell Abyad, no nordeste do país.

Erdogan disse em 5 de outubro que a decisão sobre a operação turca no nordeste da Síria ao leste do Eufrates seria iniciada de imediato.  

O presidente russo Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdogan, discutiram ao telefone a operação militar turca e observaram a importância de assegurar a unidade e integridade territorial da Síria e o respeito pela sua soberania, segundo informou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Os principais objetivos da operação turca são a limpeza do território sírio que faz fronteira com a Turquia das forças de autodefesa curdas, a criação de uma zona de segurança nessa área e a instalação dos refugiados sírios que estão na Turquia.

Ancara tinha declarado anteriormente que tinha 4 milhões de refugiados e que não podia mantê-los indefinidamente. Entretanto, o governo da Síria não reconhece a administração autônoma no nordeste da Síria, que controla o território a leste do Eufrates.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247