UE deve implantar sanções contra a Venezuela

Governos da União Europeia estão prontos para aprovar a imposição de sanções contra sete autoridades venezuelanas próximas ao governo do presidente Nicolás Maduro na quinta-feira, na resposta mais firme do bloco até agora à crise política no país sul-americano; sanções provavelmente serão adotadas e impostas na próxima semana

Governos da União Europeia estão prontos para aprovar a imposição de sanções contra sete autoridades venezuelanas próximas ao governo do presidente Nicolás Maduro na quinta-feira, na resposta mais firme do bloco até agora à crise política no país sul-americano; sanções provavelmente serão adotadas e impostas na próxima semana
Governos da União Europeia estão prontos para aprovar a imposição de sanções contra sete autoridades venezuelanas próximas ao governo do presidente Nicolás Maduro na quinta-feira, na resposta mais firme do bloco até agora à crise política no país sul-americano; sanções provavelmente serão adotadas e impostas na próxima semana (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - Governos da União Europeia estão prontos para aprovar a imposição de sanções contra sete autoridades venezuelanas próximas ao governo do presidente Nicolás Maduro na quinta-feira, disseram dois diplomatas da UE, na resposta mais firme do bloco até agora à crise política no país sul-americano.

Autoridades que provavelmente terão viagens proibidas e bens congelados incluem o chefe da Guarda Nacional Bolivariana, o ministro do Interior, o diretor da inteligência nacional e o presidente da Suprema Corte, disseram os diplomatas à Reuters.

As sanções provavelmente serão adotadas e impostas na próxima semana, disseram.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247