Unesco alerta para fake news em tempo de coronavírus

O vice-diretor geral da Unesco, Moez Chakchouk, alertou nesta terça-feira para notícias falsas e informações erradas sobre o novo coronavírus e instou os países a combatê-las

Unesco considera necessário combater fake news
Unesco considera necessário combater fake news (Foto: Prensa Latina)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Junto com a crise da saúde, uma pandemia de desinformação também está se desenvolvendo, disse o vice-diretor geral da Unesco, Moez Chakchoukele em uma videoconferência com os delegados permanentes dos Estados-membros da Organização das Nações Unidas, especializados em questões de educação, ciência e cultura. 

Segundo o vice-diretor encarregado de Comunicação e Informação, são necessárias ações para responder a esse desafio, a fim de contribuir para o gerenciamento eficaz e sustentável da crise causada pelo coronavírus.

Nesse sentido, ele considerou que o trabalho deveria se concentrar nos pilares da disseminação de elementos, inovação e tecnologias digitais, promoção do acesso aberto e igual à informação e fortalecimento das capacidades da mídia e dos jornalistas para cobrir a pandemia de maneira profissional, informa a Prensa Latina.
 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247