União Europeia adiará Brexit até fevereiro se premiê falhar nesta semana

Nenhuma decisão será tomada até que governos da UE tenham a oportunidade de avaliar as chances do acordo de saída ser aprovado pelo Parlamento antes de terça-feira desta semana

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - O Sunday Times afirmou que a União Europeia adiará o Brexit até fevereiro de 2020 caso o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, não consiga aprovar seu acordo no Parlamento nesta semana.

O adiamento não seria definitivo, e o Reino Unido poderia sair antes, em 1o ou 15 de novembro, dezembro ou janeiro, caso seu acordo seja ratificado antes do fim da extensão, disse o jornal, citando fontes diplomáticas.

Nenhuma decisão será tomada até que governos da UE tenham a oportunidade de avaliar as chances do acordo de saída ser aprovado pelo Parlamento antes de terça-feira desta semana, acrescentou o jornal.

Diplomatas da UE e autoridades disseram à Reuters neste domingo que, a depender dos próximos desdobramentos em Londres, opções de extensão variam de apenas um mês, até o fim de novembro, a meio ano ou mais.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247