Venezuela denuncia que seu Consulado em Bogotá é atacado

O consulado venezuelano em Bogotá foi completamente saqueado e vandalizado, disse o ministro das Relações Exteriores, Jorge Arreaza

Jorge Arreaza
Jorge Arreaza (Foto: REUTERS/Manaure Quintero)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governo da Venezuela denunciou na segunda-feira a pilhagem e vandalização de sua sede consular em Bogotá, Colômbia, na segunda-feira (27). O ministro das Relações Exteriores da , Jorge Arreaza,  acusou as autoridades colombianas de deixaram as instalações consulares venezuelanas desprotegidas.

"O governo colombiano está violando flagrantemente os artigos 22 e 25 da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, ao permitir, por ação ou omissão, a ocupação ilegal de nossa sede consular em Bogotá", afirmou o Ministério das Relações Exteriores da Venezuela, informa a Telesul.

Arreaza sustentou que o governo do presidente Nicolás Maduro "responsabiliza o governo da Colômbia pela perda ou violação de bens, arquivos e documentos, em conformidade com o disposto no artigo 24 da Convenção de Viena".

Ele lembrou que, de acordo com o artigo 45 da mencionada Convenção, no caso de rompimento das relações diplomáticas entre dois Estados ou se a missão for encerrada definitiva ou temporariamente, “o Estado receptor será obrigado a respeitar e proteger, mesmo em caso de conflito armado, as instalações da missão, bem como seus bens e arquivos”.

A declaração do Ministério das Relações Exteriores termina assegurando que "a República Bolivariana da Venezuela reserva as ações diplomáticas recíprocas que podem ser necessárias para compensar esse ataque inaceitável nas instalações da missão venezuelana na República da Colômbia".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247