Venezuela expulsa para os EUA brasileiro detido por criticar chavismo

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, preso na Venezuela nesta semana, foi libertado neste sábado, e deve embarcar para Miami num voo da América Airlines ainda neste sábado, de acordo com o Itamaraty; segundo sua família, ele foi detido por autoridades venezuelanas após ter sido confundido com um cidadão americano – ele vive nos EUA e portava uma carteira de motorista do país

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, preso na Venezuela nesta semana, foi libertado neste sábado, e deve embarcar para Miami num voo da América Airlines ainda neste sábado, de acordo com o Itamaraty; segundo sua família, ele foi detido por autoridades venezuelanas após ter sido confundido com um cidadão americano – ele vive nos EUA e portava uma carteira de motorista do país
O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, preso na Venezuela nesta semana, foi libertado neste sábado, e deve embarcar para Miami num voo da América Airlines ainda neste sábado, de acordo com o Itamaraty; segundo sua família, ele foi detido por autoridades venezuelanas após ter sido confundido com um cidadão americano – ele vive nos EUA e portava uma carteira de motorista do país (Foto: Romulo Faro)

247 - O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, preso na Venezuela nesta semana, foi libertado neste sábado (6) e deve embarcar para Miami num voo da América Airlines ainda neste sábado, de acordo com o Itamaraty.

Segundo sua família, ele foi detido por autoridades venezuelanas após ter sido confundido com um cidadão americano – ele vive nos EUA e portava uma carteira de motorista do país.

Diniz ficou preso na sede do serviço secreto venezuelano, o Sebin, segundo informações recebidas por sua família. O governo da Venezuela afirmou na manhã de sexta-feira ao Ministério de Relações Exteriores do Brasil que o estado de saúde do brasileiro é bom.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247