Venezuela prende mais 8 suspeitos de tentativa de invasão, incluindo sobrinho de general

A Força Armada Nacional Bolivariana anunciou a detenção de mais oito pessoas suspeitas de participar de tentativa de invasão armada a partir do território da Colômbia no último dia 3

(Foto: Sputnik)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - A prisão dos suspeitos foi executada por militares venezuelanos com a ajuda de populares na zona de Petaquirito, no estado de La Guaira, neste domingo (10).

Conforme informou o canal de TV Venezolana de Televisión, as oito pessoas, sendo uma delas mulher, são suspeitas de terem participado de frustrada tentativa de invasão armada em 3 de maio por via marítima desde o território da Colômbia até a Venezuela.

Durante a tentativa de invasão, militares venezuelanos interceptaram lanchas e apreenderam dez pessoas com armas.

Entre os detidos neste domingo, considerados mercenários pelo governo venezuelano, figura José Ángel Barreno Cordones, sobrinho do major-general desertor venezuelano Clíver Alcalá Cordones.

Recentemente, o ex-oficial Alcalá Cordones foi deportado para os EUA, a partir da Colômbia, após ser acusado de narcotráfico.

Sua deportação se deu após sua rendição na Colômbia às autoridades americanas, reportou ainda em março o jornal colombiano El Tiempo.

Ainda de acordo com a mídia, o general é "inimigo" de Maduro e planejava contrabandear armas para a Venezuela para promover um golpe contra o presidente venezuelano.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247