Venezuela protesta contra ingerência dos EUA em seus assuntos internos

Protesto venezuelano foi motivado por documento do Grupo de Lima, que atua em sintonia com o Departamento de Estado estadunidense

Protesto venezuelano foi motivado por documento do Grupo de Lima, que atua em sintonia com o Departamento de Estado estadunidense
Protesto venezuelano foi motivado por documento do Grupo de Lima, que atua em sintonia com o Departamento de Estado estadunidense (Foto: Reinaldo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O governo venezuelano entregou nesta terça-feira (17), por meio do vice-ministro das Relações Exteriores, Samuel Moncada, ao corpo diplomático dos Estados Unidos no país uma nota de protesto por ingerência nos assuntos internos.

O texto oficial, entregue ao ministro conselheiro da embaixada dos EUA, Brian Naranjo, faz referência concreta à declaração emitida pelo autodenominado Grupo de Lima – endossado pelos EUA - sobre a situação na Venezuela, adotada em 14 de abril último a propósito da 8ª Cúpula das Américas, realizada na capital peruana, relata a chancelaria venezuelana em nota de imprensa.

O documento condena a declaração do Grupo de Lima, que, além de ser hostil, viola as normas do Direito Internacional e a Carta das Nações Unidas.

A Venezuela também exigiu que o governo estadunidense cesse as ações de ingerência, assim como retire as medidas coercitivas unilaterais e ilegais que buscam gerar as condições para desencadear um golpe de Estado contra o governo bolivariano.

Fonte: Agência Venezuelana de Notícias

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247