Venezuela volta a ter quarentena rigorosa após semana de flexibilização

A Venezuela volta nesta segunda-feira à quarentena estrita devido à pandemia de Covid-19, após uma semana de flexibilização

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Durante uma reunião de trabalho para avaliar a evolução da Covid-19 no país, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, considerou que foi positiva a reativação relativa das atividades de trabalho em vários setores socioeconômicos, mas anunciou a retomada da quarentena rigorosa. 

Maduro indicou que nos próximos sete dias é apropriado retomar as medidas de isolamento social para manter as cadeias de contágio sob controle e evitar surtos perigosos do novo coronavírus.

O retorno à quarentena estrita coincide com a segunda semana de implementação do novo esquema de distribuição e carregamento de gasolina, após a chegada no país de cinco navios-tanque iranianos com combustível e aditivos para reativar a capacidade nacional de refino e reabastecer mais de 1.500 estações de serviço, informa Prensa Latina.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247