WikiLeaks: Chávez teria de um a dois anos de vida

Informaes de mdicos russos e cubanos que atenderam o presidente venezuelano no ano passado constam em documentos vazados pelo site; ele apontado como "mau paciente", pois no escuta os mdicos; Hugo Chvez passou ontem por uma terceira cirurgia para retirar novo tumor

WikiLeaks: Chávez teria de um a dois anos de vida
WikiLeaks: Chávez teria de um a dois anos de vida (Foto: JORGE SILVA/REUTERS)

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, teria entre um e dois anos de vida, segundo médicos russos e cubanos que o atenderam no ano passado, dizem documentos vazados pelo WikiLeaks. O site começou a publicar na segunda-feira mais de cinco milhões de e-mails da companhia de inteligência sediada nos EUA, a Stratfor.

Segundo e-mail da empresa vazado pelo WikiLeaks, o tumor de Chávez teve início perto da próstata e se estendeu para o cólon. Citando "fontes médicas confiáveis", o documento alega que o câncer atingiu os nódulos linfáticos e a medula óssea. Os médicos cubanos, prossegue a mensagem, dão dois anos de vida ao presidente venezuelano, enquanto a previsão dos russos, "devido a equipamentos médicos impróprios, é de menos de um ano".

No e-mail, há a alegação de que os médicos russos culpam os cubanos por uma "cirurgia incorreta" na primeira vez para tentar remover o tumor, o que fez com que a segunda cirurgia fosse apenas para os russos "consertarem os erros da equipe cubana". Os russos dizem ainda que os cubanos não tem o tratamento por imagem correto a fim de tratar Chávez de modo adequado. O documento também alega que Chávez é um "mau paciente", pois não escuta os médicos e interrompe o tratamento quando precisa fazer uma aparição pública.

Em Cuba, Chávez passou por uma terceira cirurgia, na noite de segunda-feira, para a retirada de um novo tumor. Ele se recupera no hospital Cimeq, em Havana.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247