Xi Jinping e Macron se reúnem na França por parceria estratégica

Os presidentes da China, Xi Jinping, e da França, Emmanuel Macron, mantiveram um encontro oficial neste domingo (24), em Nice, no sul da França; Xi destacou a importância de manter uma relação saudável com a França para o desenvolvimento de longo prazo de ambos os países e seu impacto potencial no mundo, no quadro de uma parceria estratégica

Xi Jinping e Macron se reúnem na França por parceria estratégica
Xi Jinping e Macron se reúnem na França por parceria estratégica

247, com Xinhua - Os presidentes da China, Xi Jinping, e da França, Emmanuel Macron, mantiveram um encontro oficial neste domingo (24), em Nice, no sul da França. Xi destacou a importância de manter uma relação saudável com a França para o desenvolvimento de longo prazo de ambos os países e seu impacto potencial no mundo, no quadro de uma parceria estratégica.

Lembrando a história de intercâmbios amistosos entre os dois países, Xi disse que a França foi o primeiro país ocidental importante a estabelecer relações diplomáticas oficiais com a República Popular da China.

A França, acrescentou ele, também foi o primeiro país a formar uma parceria estratégica e conduzir o diálogo estratégico com a China e o primeiro a realizar a cooperação de energia nuclear civil com a China.

Ele apontou o significado especial de sua visita, que ocorre em um ano especial que marca o 70º aniversário da fundação da República Popular da China e o 55º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas China-França.

Xi falou dos assuntos que permanecem inalterados diante de profundas mudanças na situação internacional e nas relações bilaterais.

Ele destacou que a importância que a China dá a suas relações com a França não mudou. A China sempre considera a França uma parceira de cooperação prioritária, e os dois povos mantêm uma amizade especial, acrescentou.

"Isto é um ativo valioso que devemos herdar e transmitir para manter as relações sino-francesas na vanguarda dos tempos", disse Xi.

Xi indicou que a busca comum pela paz, desenvolvimento, imparcialidade e justiça não mudou.

Ele disse que tanto a China quanto a França defendem as normas básicas da administração de relações internacionais apoiadas pelos propósitos e princípios da Carta da ONU, enquanto praticam o multilateralismo e se opõem ao protecionismo e unilateralismo em assuntos internacionais.

Ambos os países estão comprometidos a construir uma economia mundial aberta e a trabalhar juntos para abordar os desafios comuns enfrentados pela humanidade, apontou Xi. Ele acrescentou que a China e a França cooperaram com sucesso em muitas ocasiões no campo das mudanças climáticas, desempenhando um papel positivo de liderança no mundo.

A natureza mutuamente benéfica e de ganhos recíprocos da cooperação China-França não mudou, exaltou Xi.

"A história da cooperação China-França mostra que os laços bilaterais não são 'um jogo de soma zero'. A forte complementaridade entre as duas economias permanecerá por muito tempo", disse Xi, acrescentando que o desenvolvimento sustentável e uma maior abertura da China criarão uma série de novas oportunidades, assim como um espaço mais amplo para a cooperação bilateral.

Xi pediu que os dois países explorem constantemente novas áreas de cooperação, criem novas áreas de crescimento para a cooperação e acelerem a implementação da iniciativa Novo Cinturão e Rota da Seda e projetos de cooperação.

"A China está disposta a fortalecer a comunicação e coordenação estratégicas com a França nas importantes questões incluindo os assuntos da ONU, a reforma da Organização Mundial do Comércio e a mudança climática", disse Xi, acrescentando que a China sempre apoia a integração europeia e espera que a França possa desempenhar um papel mais ativo na liderança e promoção das relações China-Europa.

Elogiando sua visita bem-sucedida à China no ano passado, Macron disse que os dois países têm implementado o importante consenso atingido por ele e Xi no último ano, fortalecendo a cooperação em economia, comércio, tecnologia e cultura.

A França dá grande atenção à Iniciativa do Cinturão e Rota, considera a China uma importante parceira de cooperação estratégica e aprecia o importante papel do país asiático e sua contribuição para a abordagem de mudanças climáticas e outros assuntos internacionais, disse Macron.

O presidente francês prometeu intensificar ainda mais a comunicação e cooperação estratégicas com a China, e desempenhar completamente o papel dirigente da parceria estratégica abrangente França-China, para defender conjuntamente o multilateralismo e promover a paz e a prosperidade mundiais.

A França é a última escala da viagem de Xi por três nações europeias, que o levou também para a Itália e Mônaco.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247