Xi Jinping é reeleito líder do Partido Comunista da China

O presidente da China, Xi Jinping, foi reeleito para um mandato de cinco anos como secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCC) nesta quarta-feira (25). Além de Xi Jipning, o primeiro-ministro Li Keqiang foi o único a manter seu cargo em meio a mudanças radicais no Comitê Permanente do Comitê Central do PCC

Presidente da China, Xi Jinping, durante pronunciamento em congresso, em Pequim 18/10/2017 REUTERS/Aly Song
Presidente da China, Xi Jinping, durante pronunciamento em congresso, em Pequim 18/10/2017 REUTERS/Aly Song (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik

O presidente da China, Xi Jinping, foi reeleito para um mandato de cinco anos como secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCC) nesta quarta-feira (25).

Além de Xi Jipning, o primeiro-ministro Li Keqiang foi o único a manter seu cargo em meio a mudanças radicais no Comitê Permanente do Comitê Central do PCC, o poder elevado da China. Cinco dos sete membros do Comitê Permanente foram trocados.

Anteriormente, durante a sessão de abertura do XIX Congresso Nacional do Partido Comunista da China, o presidente chinês declarou que o socialismo chinês está entrando em uma nova era. Ele elogiou o progresso econômico alcançado na China durante o seu primeiro mandato na presidência do país.

O presidente chinês Xi Jinping consolidou o seu status de dirigente mais poderoso do país asiático na terça-feira (24), quando teve o seu nome incluído nos estatutos do Partido Comunista da China, uma medida que o coloca no mesmo patamar de ninguém menos do que Mao Tsé-Tung.

A emenda, discutida no mais recente Congresso do partido, foi aprovada por unanimidade pelos 2.300 delegados da legenda, a maior do planeta. A Constituição do partido agora traz o tópico acerca do "Pensamento de Xi Jinping sobre o socialismo com características chinesas para a nova era".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247