Xi Jinping reforça orientação para intensificar combate à pobreza

Xi Jinping, secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCC) e presidente da China, sublinhou a importância de se fazer esforços contínuos para vencer a batalha contra a pobreza.

Xi JInping
Xi JInping (Foto: Xinhua)

247 - A China deve seguir sua meta de alívio da pobreza, fazer esforços constantes e garantir resultados de alta qualidade nesta batalha, destacou Xi, também presidente chinês e presidente da Comissão Militar Central, ao dar instruções nesta quinta-feira durante o sexto Dia Nacional do Alívio da Pobreza, que cai em 17 de outubro todos os anos.

Elogiando o progresso feito na redução da pobreza sob a liderança do PCC, Xi apontou que a batalha do país contra a miséria chegou a uma fase crucial para se assegurar uma vitória decisiva e completa.

Todas as regiões e departamentos devem seguir as metas de alívio e fazer esforços contínuos para lidar com a pobreza extrema, melhorar os elos fracos na educação compulsória, atendimento médico básico, habitação e segurança de água potável para a população empobrecida, e garantir que todos os carentes rurais possam ser tirados da pobreza e possam entrar em uma sociedade moderadamente próspera no próximo ano, observou Xi.

Segundo ele, medidas efetivas devem ser tomadas para se avançar com base nos resultados existentes da redução da pobreza e para assegurar que a batalhar seja ganha de um modo de alta qualidade.

As instruções de Xi foram transmitidas em uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira em Beijing para exaltar o trabalho de alívio da pobreza, que ainda homenageou indivíduos e instituições por seus esforços neste tema.

As instruções do primeiro-ministro Li Keqiang também foram transmitidas na reunião. Li, membro do Comitê Permanente do Birô Político do Comitê Central do PCC, pediu esforços no desenvolvimento industrial e assistência ao emprego para o alívio da pobreza, assim como apoio de seguimento para os programas de realocação para prevenir que as pessoas voltem à pobreza.

O país encorajará esforços de todos os lados para atingir a meta de tirar mais de 10 milhões de pessoas da pobreza este ano, apontou Li.

Hu Chunhua, membro do Birô Político do Comitê Central do PCC e chefe do Grupo Dirigente do Conselho de Estado para Alívio da Pobreza e Desenvolvimento, esteve presente na reunião.

O país deve desempenhar plenamente o papel exemplar dos modelos e fazer esforços persistentes para implementar as medidas de alívio da pobreza, disse Hu.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247