Brasil é campeão da Copa América Femenina

www.brasil247.com -
(Foto: Divulgação)


A equipa comandada por Pia Sundhage foi proclamada campeã pela oitava vez na sua história, surpreendendo no jogo final com um golo de onze metros de Debinha que acabou por lhes dar a vitória.

Eles tiveram que enfrentar momentos de sofrimento na final contra uma Colômbia que deu tudo para buscar seu campeonato. Mas, finalmente, um pênalti próximo ao final do primeiro período foi o responsável por definir a final do torneio.

Tanto o Brasil quanto a Colômbia selaram sua qualificação para a Copa do Mundo de 2023 na Austrália-Nova Zelândia e sua participação nas Olimpíadas de Paris 2024. Deixando um futuro favorável para a equipe proclamada como favorita em algumas das casas de apostas online como BetWinner.

A invencível Canarinha

A equipa patrocinada pela 'Neoenergía' tem sido imbatível durante todo o torneio. Eles conseguiram marcar um total de 20 gols e não sofreram nenhum nos 6 jogos que disputou ao longo de toda a competição.

Vieram como claros favoritos ao título de campeões e desde o início da Copa América têm demonstrado isso em campo com um estilo de jogo único e incomparável.

No entanto, o time colombiano pode manter o título de ser o time que mais colocou o Canarinha em apuros, que felizmente soube administrar essa pressão com sabedoria e estratégia, saindo vitorioso no final.

Sem dúvida, tem sido um caminho que orgulha cada um dos jogadores e treinadores de toda a seleção brasileira de futebol.

Futebol feminino brasileiro orgulha seu primeiro grande patrocínio exclusivo

A empresa 'Neoenergia' estará estampada nos uniformes da seleção nacional e também na propaganda e logo da Primeira Divisão do país e a duração do contrato é de quatro anos.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou esta semana um patrocínio histórico para o futebol feminino, que valerá para todas as categorias da Seleção Brasileira, bem como para a Liga Nacional de Clubes, o 'Brasileirão'. Esta é a 'Neoenergia', uma grande empresa do setor elétrico brasileiro e parte do Grupo Iberdrola.

O acordo, válido pelos próximos quatro anos, foi assinado e apresentado pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, e também por Lorenzo Perales, o executivo espanhol que foi nomeado há alguns meses como o novo diretor comercial da Seleção Brasileira e seus Suspensórios. Em apenas quatro meses no cargo, Lorenzo já levou a organização a assinar acordos no valor de mais de US$ 50 milhões.

A partir do dia seguinte, a primeira divisão do 'Brasileirão Feminino' já terá o nome da empresa em sua logomarca e também nos cartazes publicitários dos estádios. Além disso, também estará presente nos uniformes de todas as equipes femininas, seja nas categorias de base ou profissional. A empresa se torna a primeira patrocinadora da entidade (CBF) a patrocinar exclusivamente a seleção feminina brasileira.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email