Advogado de Cerveró é procurado pela Interpol

Edson Ribeiro, que defendeu o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, teve seu nome incluído na lista de procurados da Interpol, por determinação do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF; Polícia Federal sabe em qual cidade dos Estados Unidos está o advogado, mas não revela para não atrapalhar na prisão; Edson Ribeiro é suspeito de ter atuado para ajudar o senador Delcidio do Amaral (PT-MS) a tentar prejudicar acordo de delação premiada entre Cerveró e o Ministério Público

Edson Ribeiro, que defendeu o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, teve seu nome incluído na lista de procurados da Interpol, por determinação do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF; Polícia Federal sabe em qual cidade dos Estados Unidos está o advogado, mas não revela para não atrapalhar na prisão; Edson Ribeiro é suspeito de ter atuado para ajudar o senador Delcidio do Amaral (PT-MS) a tentar prejudicar acordo de delação premiada entre Cerveró e o Ministério Público
Edson Ribeiro, que defendeu o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, teve seu nome incluído na lista de procurados da Interpol, por determinação do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF; Polícia Federal sabe em qual cidade dos Estados Unidos está o advogado, mas não revela para não atrapalhar na prisão; Edson Ribeiro é suspeito de ter atuado para ajudar o senador Delcidio do Amaral (PT-MS) a tentar prejudicar acordo de delação premiada entre Cerveró e o Ministério Público (Foto: Aquiles Lins)

247 - O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizou na noite dessa quarta-feira, 24, a inclusão do nome do advogado Edson Ribeiro, que defendia o ex-diretor da Petrobras Nestor Ceveró, na difusão vermelha da Interpol. 

Ribeiro chegou a ser localizado nos Estados Unidos na quarta, mas não foi detido porque era aguardada a decisão do Supremo sobre a inclusão do nome na lista da Interpol. A Polícia Federal sabe em qual cidade dos Estados Unidos está o advogado, mas não revela para não atrapalhar na prisão. O visto dele foi cancelado.

Edson Ribeiro é suspeito de ter atuado para ajudar o senador Delcidio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado, a tentar prejudicar acordo de delação premiada entre Cerveró e o Ministério Público. Ou, caso o acordo fosse firmado, impedir que o ex-diretor citasse o nome do parlamentar e do empresário André Esteves, que foram presos nesta terça.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247