Advogado de Lula na ONU critica Moro: “Ama publicidade”

O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comitê de direitos humanos da ONU, está no Brasil e criticou o juiz Sergio Moro; Robertson ironizou a presença de Moro no evento de lançamento do filme “Polícia Federal - A Lei é Para Todos”, sobre a operação, na última segunda-feira em Curitiba, e afirmou que Moro "ama a publicidade" e, por isso, não pode julgar Lula com imparcialidade

O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comitê de direitos humanos da ONU, está no Brasil e criticou o juiz Sergio Moro; Robertson ironizou a presença de Moro no evento de lançamento do filme “Polícia Federal - A Lei é Para Todos”, sobre a operação, na última segunda-feira em Curitiba, e afirmou que Moro "ama a publicidade" e, por isso, não pode julgar Lula com imparcialidade
O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comitê de direitos humanos da ONU, está no Brasil e criticou o juiz Sergio Moro; Robertson ironizou a presença de Moro no evento de lançamento do filme “Polícia Federal - A Lei é Para Todos”, sobre a operação, na última segunda-feira em Curitiba, e afirmou que Moro "ama a publicidade" e, por isso, não pode julgar Lula com imparcialidade (Foto: José Barbacena)

247 - O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comitê de direitos humanos da ONU, está no Brasil e criticou o juiz Sergio Moro, responsável por condenar o petista a nove anos e meio de prisão.

Robertson ironizou a presença de Moro no evento de lançamento do filme “Polícia Federal - A Lei é Para Todos”, sobre a operação, na última segunda-feira em Curitiba, e afirmou que Moro "ama a publicidade" e, por isso, não pode julgar Lula com imparcialidade.

"Vi o juiz Moro na capa de um jornal comendo pipoca assistindo a um filme sobre ele. Ele quer aparecer a todo momento. Nenhum juiz na Europa faria isso", afirmou o advogado.

Robertson está no Brasil a convite dos advogados de defesa de Lula.  "Ele ama publicidade. E quando a publicidade se conecta com a pessoa que ele está julgando isso é um problema", disse, ao discursar para os convidados do jantar realizado na casa do advogado Pedro Serrano.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247