Aécio: governadores do PSDB 'não manifestarão apoio' a Dilma

O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, divulgou nota nesta terça (28) na qual afirma que é "absolutamente natural" que a presidente Dilma Rousseff realize encontro com todos os governadores do país, inclusive os de oposição, mas disse que "não se cogita" que esse tipo de iniciativa resulte em "manifestação de apoio a esse governo"; "O PSDB agirá com a responsabilidade com que sempre agiu, governando bem os estados e fazendo oposição clara e firme a esse governo que tanto mal tem feito ao país, especialmente aos estados e municípios", disse

O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, divulgou nota nesta terça (28) na qual afirma que é "absolutamente natural" que a presidente Dilma Rousseff realize encontro com todos os governadores do país, inclusive os de oposição, mas disse que "não se cogita" que esse tipo de iniciativa resulte em "manifestação de apoio a esse governo"; "O PSDB agirá com a responsabilidade com que sempre agiu, governando bem os estados e fazendo oposição clara e firme a esse governo que tanto mal tem feito ao país, especialmente aos estados e municípios", disse
O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, divulgou nota nesta terça (28) na qual afirma que é "absolutamente natural" que a presidente Dilma Rousseff realize encontro com todos os governadores do país, inclusive os de oposição, mas disse que "não se cogita" que esse tipo de iniciativa resulte em "manifestação de apoio a esse governo"; "O PSDB agirá com a responsabilidade com que sempre agiu, governando bem os estados e fazendo oposição clara e firme a esse governo que tanto mal tem feito ao país, especialmente aos estados e municípios", disse (Foto: Valter Lima)

247 - O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, divulgou nota nesta terça-feira (28) na qual afirma que é "absolutamente natural" que a presidente Dilma Rousseff realize encontro com todos os governadores do país, inclusive os de oposição, mas disse que "não se cogita" que esse tipo de iniciativa resulte em "manifestação de apoio a esse governo".

"É absolutamente natural que governadores, independentemente de serem da oposição ou da base do governo, se reúnam com a presidente da República, por mais fragilizada que ela esteja, para tratar de questões administrativas e federativas de interesse do país", diz. "Eu próprio, como governador de meu Estado, fiz isso inúmeras vezes", ressaltou Aécio para, logo em seguida, afirmar que a presença de governadores tucanos não muda a posição do partido no enfrentamento à administração de Dilma.

"Em relação aos governadores do PSDB, o que não se cogita é qualquer manifestação de apoio a esse governo, como pretenderam inicialmente algumas lideranças governistas. O PSDB agirá com a responsabilidade com que sempre agiu, governando bem os estados e fazendo oposição clara e firme a esse governo que tanto mal tem feito ao país, especialmente aos estados e municípios", concluiu.

 

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247