Aécio recua e garante apoio integral a Temer

“O PSDB vai colaborar, vai participar deste novo trabalho, nessas reformas que são importantes. A participação de membros do partido, se houver convites e alguém quiser participar, não vejo o menor problema”, disse o senador tucano Aécio Neves após embates públicos entre lideranças do partido; unidade tucana só saiu após o ex-presidente FHC aderir à linha dos senadores José Serra (SP) e Aloysio Nunes Ferreira (SP), que querem cargos no eventual governo do vice

Michel Temer e Aécio Neves
Michel Temer e Aécio Neves (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Presidente do PSDB, Aécio Neves finalmente recuou e garantiu apoio integral a um eventual governo de Michel Temer.

“O PSDB vai colaborar, vai participar deste novo trabalho, nessas reformas que são importantes. A participação de membros do partido, se houver convites e alguém quiser participar, não vejo o menor problema”, disse o senador tucano, após embates públicos entre lideranças do partido.

A unidade tucana só saiu após entrevista do ex-presidente FHC que defendia a linha dos senadores José Serra (SP) e Aloysio Nunes Ferreira (SP), que querem cargos na equipe de Temer.

“De ontem para hoje a ficha caiu. As discussões do fim de semana não foram felizes. Discutir 2018 no momento em que o país sangra apequena a participação do PSDB no momento de enfrentar a crise”, disse o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email