Ala do PPS contradiz Freire e vê Serra como azarão

Pró-Marina Silva, vereador de São Paulo Ricardo Young lembra suas duas derrotas para o PT no Planalto e diz que tucano é um retrocesso do ponto de vista de uma política inovadora que estão buscando; presidente nacional da sigla declarou que receberá o ex-governador "de braços abertos" caso ele queira se filiar ao partido

Ala do PPS contradiz Freire e vê Serra como azarão
Ala do PPS contradiz Freire e vê Serra como azarão
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – José Serra tenta convencer a classe política de que as notícias sobre a sua possível saída do PSDB "são totalmente fake". Mas o PPS continua a levar a história a sério. Depois de o presidente nacional do partido, deputado Roberto Freire (SP), dizer que receberá o ex-governador "de braços abertos" caso ele queira se filiar ao partido, uma ala levantou a bandeira de protesto. Para eles, Serra é visto como um azarão, já perdeu duas disputas ao Planalto para o PT, é um nome já desgastado.

Segundo o vereador de São Paulo Ricardo Young , "Serra é um retrocesso do ponto de vista de uma política inovadora que o PPS está buscando" e representa a "velha política". Young é mais próximo da ideia de se juntar ao Movimento da Nova Política, da ex-senadora Marina Silva (sem partido).

O deputado federal Arnaldo Jordy (PA) e o vereador de Recife e ex-deputado Raul Jungmann (PE), também compartilham da rejeição a Serra.

Com a preferência declarada do PSDB por Aécio Neves, que agora tem o ex-presidente FHC como guru, o ex-governador de São Paulo cogitaria fundar um novo partido, assim como fez Gilberto Kassab com o PSB, para viabilizar sua candidatura em 2014.

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire (SP) confirmou o interesse dos dois lados: "Poderíamos criar uma nova sigla. Isso foi conversado com Serra".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email