Alckmin: 'Tenho absoluta confiança em Aécio'

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ter "absoluta confiança" no senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG). afirmação foi feita após ele ser indagado sobre a recomendação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) não abra investigações contra o senador e a presidente Dilma Rousseff; "Tenho absoluta confiança no caso do Aécio, que foi um grande governador de Minas e é um grande senador", disse

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ter "absoluta confiança" no senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG). afirmação foi feita após ele ser indagado sobre a recomendação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) não abra investigações contra o senador e a presidente Dilma Rousseff; "Tenho absoluta confiança no caso do Aécio, que foi um grande governador de Minas e é um grande senador", disse
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ter "absoluta confiança" no senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG). afirmação foi feita após ele ser indagado sobre a recomendação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) não abra investigações contra o senador e a presidente Dilma Rousseff; "Tenho absoluta confiança no caso do Aécio, que foi um grande governador de Minas e é um grande senador", disse (Foto: Paulo Emílio)

247 - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ter "absoluta confiança" no senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG). A afirmação, feita nesta quinta-feira (5), foi feita após ele ser indagado sobre a recomendação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) não abra investigações contra o senador e a presidente Dilma Rousseff. Apesar da defesa do correligionário, Alckmin não fez referência presidente Dilma.

"Tenho absoluta confiança no caso do Aécio [Aécio Neves], que foi um grande governador de Minas e é um grande senador", disse. Segundo o governador, agora caberá ao STF analisar o caso. "O que a sociedade deseja? Transparência, a luz do sol, que é o melhor desinfetante, e punição, porque o que estimula o crime é a impunidade, achar que não vai dar em nada", destacou

A Presidente Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves tiveram seus nomes citados em depoimentos dos delatores da Operação Lava Jato da Polícia Federal que investiga um esquema de corrupção na Petrobras. Nesta terça-feira, o procurador-geral da República encaminhou ao STF 28 pedidos de abertura de inquérito para investigar o envolvimento de políticos e autoridades que teriam sido beneficiados pelo esquema.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247