Aliados pedem que Ciro Gomes deixe Lula de lado e foque ataques em Bolsonaro

Aliados do pedetista querem uma mudança de estratégia nos rumos da pré-campanha pelo Planalto em 2022

Ciro Gomes, Lula e Bolsonaro
Ciro Gomes, Lula e Bolsonaro (Foto: Reuters | Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidenciável Ciro Gomes, do PDT, vem sendo aconselhado por aliados a deixar de lado os ataques ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e se concentrar nas críticas a Jair Bolsonaro. De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o pedetista vem resistindo a mudar de ideia, mas o marqueteiro João Santana teria se comprometido a mudar a estratégia adotada por ele durante a pré-campanha. 

Em seu ataque mais recente contra Lula, feito durante uma entrevista à Rádio Tupi nesta quinta-feira (10) , Ciro disse ter obrigação de dar uma outra opção ao Brasil que não uma escolha entre “coisa ruim e coisa pior”. Lula já disse que não vai entrar no “jogo rasteiro” do pedetista. 

Ainda conforme a reportagem, o deputado Túlio Gadêlha (PDT-PE) pediu que Ciro desistisse de atacar Lula por acreditar que um segundo turno entre eles é “viver uma ilusão''. O presidente do PDT, Carlos Lupi, também defende que Ciro invista contra Bolsonaro por avaliar que o ex-capitão não terá forças para chegar ao segundo turno.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email