Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB

De olho na candidatura à Presidência pelo PSDB em 2018, aliados de Geraldo Alckmin defendem que ele passe a ocupar a liderança do partido em 2017, quando acaba o mandato de Aécio Neves na função; o objetivo é aumentar o protagonismo do governador de São Paulo no resto do país; a ideia anterior da ala que defende o paulista na briga com o mineiro pela candidatura tucana era apenas indicar um nome favorável a Alckmin

Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB
Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB

247 - De olho na candidatura à Presidência pelo PSDB em 2018, aliados de Geraldo Alckmin defendem que o governador de São Paulo passe a ocupar a liderança do partido em 2017, quando acaba o mandato de Aécio Neves na função, informa a coluna Painel da Folha de S.Paulo. A ideia anterior da ala que defende o paulista na briga com o mineiro pela candidatura tucana era apenas indicar um nome favorável a Alckmin.

"Os entusiastas da ideia afirmam que o mineiro não teria como negar apoio ao colega. Até agora, falava-se apenas em levar à direção um nome ligado ao paulista. Segundo relatos, o governador resiste à proposta. Argumenta que seria difícil conciliar as duas funções.

Para alckmistas, o comando do PSDB ajudaria o tucano a ganhar protagonismo fora de SP, fortalecendo seu propósito de se tornar candidato à Presidência da República em 2018. Falta, porém, combinar com os russos."

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247